21 julho, 2009

25 DE JULHO – DIA INTERNACIONAL DA MULHER NEGRA LATINOAMERICANA E CARIBENHA

Companheiros e companheiras,

O Centro Cultural Orunmila nesses anos de luta vem acumulando experiências, vitórias e derrotas. Estamos em mais um momento de repensarmos nossas estratégias, nossas práticas internas e nosso posicionamento externo. Para isso, estaremos nos reunindo no dia 25/07 (sábado), ás 14h, no C. C. O. para fazermos uma discussão. Esperamos contar com a sua presença.

Aproveitando às 16h celebraremos o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e caribenha, com o seguinte Debate:

* “As Mulheres Africanas no Brasil e sua Importância na Resistência Negra e na Preservação da Cultura Negra, Através da Religiosidade”

Elemoso Paulo César Pereira de Oliveira

* “As Mulheres Negras – Lutas e Perspectivas no Brasil Atual”

o Profa. Silvany Euclênio.

25 de julho - Dia Internacional da Mulher Negra Latinoamericana e Caribenha
Em 25 de julho de 1992, durante o I Encontro de Mulheres Afro-latino-americanas e Afro-caribenhas, em Santo Domingo (República Dominicana), definiu-se que este dia seria o marco internacional da luta e resistência da mulher negra. Desde então, vários setores da sociedade têm atuado para consolidar e dar visibilidade a esta data, tendo em conta a condição de opressão de gênero, raça e etnia vivida pelas mulheres negras latino-americanas e caribenhas.



--
Na África, cada ancião que morre é uma biblioteca que se queima.
Amadou Hampâté Bâ

www.orunmila.org.br




Nenhum comentário:

Postar um comentário