16 outubro, 2008


Enviado por Rogério Nogueira.


       A grande mídia, grande ou pequena?, insiste em ignorar os movimentos, organizações e manifestações culturais das regiões periféricas dos grandes e pequenos centros urbanos. A pequena grande mídia está mergulhada em modismos, desconhecimento e principalmente jabá cultural. Saraus, shows, apresentações, leituras são instrumentos de resistência em pequenos núcleos que vão sendo formados aqui e acolá. A pequena grande mídia aplaudiu a criação dos "Pontos de Cultura" enquanto Gilberto Gil esteve à frente do Ministério da Cultura, mas alguém aqui conhece alguma programação dos "Pontos de Cultura" veiculada na pequena grande mídia?, alguém ouviu falar: "Olha, foi anunciado na pequena grande mídia que haverá uma apresentação de dança, música, teatro no Ponto de Cultura tal, foi publicado no jornal, no caderno de "Cultura", no caderno da programação", alguém conhece, ouviu falar?. É por estas e outras que a pequena grande mídia está cada vez mais reduzida, resolveram criar "nichos", tão peculiares que enclausuraram-se, e acharam por bem incorporar tudo que surge das "europa" e "states", basta ter nomes complicados, estar em decadência, tocar e apresentar-se de forma discutível e querer faturar uma boa grana!. Não!, não!...não é antropofagia não!....não conseguem discernir e assimilar, criar e reelaborar, não!...só reproduzir...reproduzir.....e nada de produzir....Não se trata de vangloriar a periferia em detrimento do centro, mesmo porque pelo visto este conceito de periferia é bem mais amplo que se costuma imaginar.  Eis aqui um cartaz do CCJ Cachoerinha que pretende mudar esta conversa...e vamos mudar o rumo desta prosa...Moritz.
       

Nenhum comentário:

Postar um comentário